Compartilhe:

TAMANHO IDEAL DOS IMPLANTES-DR DUARTE SALEMA

Como escolher o tamanho ideal do implante?
O Doutor Duarte explica que é muito importante ter noção do volume mamário que a paciente já tem e o resultado pretendido, para escolher o tamanho ideal. O tipo de implante (redondo ou anatómico) irá determinar um aspecto mais ou menos natural.

COMO SEI AFINAL O TAMANHO APROPRIADO?

O tamanho apropriado depende de diversos fatores como as caraterísticas físicas da  paciente, o tipo de mama e o tipo de resultado pretendido. Volumes iguais podem resultados diferentes em duas pacientes.

O TAMANHO ESCOLHIDO INFLUENCIA A RECUPERAÇÃO?

Quando escolhemos volumes mais elevados estamos a caussar maior expansão da pele e do musculo, por isso as pacientes podem ter mais queixas nos primeiros dias.

QUERO UM RESULTADO NATURAL

A maior dos doentes que vem à consulta pretende um resultado natural e uma mama que se adeqúe à sua estrutura. Fazendo a avaliação em consulta e através da simulação podemos escolher o tipo e volume de implante para obtermos esse resultado.

Por vezes utilizamos em forma de gota ou anatómicos para evitar o aspecto artificial, no entanto em algumas pacientes, os implantes redondos dão também um aspecto muito dinâmico com as características físicas.

Em pacientes mais magras, o facto de colocarmos os implantes retro-musculares (por trás do músculo) ajuda num resultado natural comparado com o implante sub-glandular (por cima do músculo).

QUERER TAMANHOS MUITO GRANDES É PERIGOSO?

Os tamanhos demasiado grandes, para além de prolongarem o tempo de recuperação estão associados a maior risco de contractura capsular e, por serem demasiado pesados, estão associados à queda da mama ao longo dos anos.