RINOPLASTIA – AS PERGUNTAS MAIS FREQUENTES

RINOPLASTIA – AS PERGUNTAS MAIS FREQUENTES

– A cirurgia realiza-se com anestesia geral?

Sim. Na FMR todas as rinoplastias/rinosseptoplastias são realizadas sob anestesia geral porque a opinião da equipa de Anestesistas e de Cirurgiões é de que, desta forma, conseguimos aumentar a segurança do procedimento bem como o conforto para o paciente.

– Quanto tempo preciso de ficar internada/o?

Por norma o paciente tem alta no próprio dia.

– Quanto tempo demora a cirurgia?

A duração de uma rinoplastia/rinosseptoplastia é muito variável porque depende muito da complexidade do nariz que será corrigido. Pequenas correções podem demorar cerca de uma hora, mas narizes mais complexos podem demorar cerca de 3-4 horas.

– O pós-operatório é muito doloroso?

Apesar de muitas vezes parecer estranho aos nossos pacientes, o pós-operatório é praticamente indolor. A maioria das pessoas operadas necessita apenas de tomar paracetamol durante cerca de 3-4 dias.

– Quanto tempo demora a recuperação?

A recuperação de uma rinoplastia/rinosseptoplastia demora cerca de 1 a 2 semanas. Ao fim de uma semana é retirada a tala, penso e pontos do nariz. Nesta fase a região nasal habitualmente está ainda bastante inchada e há algumas equimoses em redor dos olhos. Apesar de ser um pouco variável entre os doentes, estas equimoses desaparecem ao fim de cerca de 10-14 dias.

– O nariz incha muito?

Até ao segundo/terceiro dia há um aumento progressivo do edema (inchaço). Depois, vai diminuindo progressivamente até desaparecer.

– Quando volto a respirar através do nariz?

Durante as primeiras 24-48h são colocadas umas “bolas de algodão” em cada narina de forma a absorver o sangue e diminuir a formação de crostas, ajudando a cicatrização. Alguns doentes logo após a retirada dos algodões voltam a respirar um pouco pelo nariz. No entanto, uma normalização da respiração costuma demorar, em média, cerca de uma a duas semanas.

– Que cuidados tenho que ter no pós-operatório?

Estes cuidados são cuidadosamente explicados na altura da cirurgia. Mas, em resumo, os cuidados consistem em irrigar as cavidades nasais com soro ou soluções salinas e limpar a entrada de ambas as narinas (após retirar os algodões). Para além disso, será ainda necessário tomar o antibiótico fornecido pela FMR durante uma semana e paracetamol, de acordo com as queixas de dores.

– Depois das primeiras semanas da cirurgia, vou respirar melhor pelo nariz?

Existem múltiplas causas de obstrução nasal, de que são exemplo, desvios do septo, rinite alérgica, rinossinusite crónica,… A resposta a esta pergunta é difícil dado que depende muito dos problemas prévios que o doente apresenta. Os desvios do septo são corrigidos durante a cirurgia portanto, se a causa da obstrução nasal for esta, então é provável que a permeabilidade nasal melhore. Contudo, podem existir outros problemas cujo tratamento não melhora siginficativamente com a cirurgia (ex. rinite alérgica). Em suma, a resposta a esta questão é muito dependente da patologia de base, que será analisada na primeira consulta na FMR.

– Ao fim de quanto tempo o nariz adquire o seu resultado final?

Ao fim de uma semana já há diferenças evidentes no aspecto do nariz, mas nesta fase ainda tem bastante inchaço. Ao longo do primeiro mês o inchaço desaparece a uma velocidade alta e, a partir desta fase, desaparece devagar. No entanto, só ao fim de cerca de 1 a 2 anos, será obtido um resultado estável e definitivo.